COMPARTILHE ESTA PÁGINA: INSCREVA-SE:

Views: 2.135 subzero • JUN.06.2012




Intel e parceiros definem o futuro das experiências computacionais



O Vice-Presidente Sênior da Intel Corporation, Tom Kilroy, apresentou oficialmente a próxima onda de sistemas Ultrabook durante seu discurso na Computex Taipei 2012. Fazendo uma declaração sobre a importância da tecnologia de toque, Kilroy também anunciou que a Intel assinou acordos com inúmeras das principais fabricantes de painéis sensíveis ao toque para assegurar o suprimento de demandas por experiências habilitadas pelo toque em Ultrabooks ao longo dos próximos anos.

Ele também destacou os esforços da empresa para oferecer experiências centradas no usuário em diversos dispositivos móveis, de Ultrabooks a smartphones e tablets, destacando o momento de todas as três categorias.

Mais de 35 novos sistemas Ultrabook, ultrafinos e ultra-ágeis já estão disponíveis ou poderão ser adquiridos dentro de 30 dias, com mais de 110 designs esperados no próximo ano. Equipados com a 3ª geração dos processadores Intel Core e fabricados com os mais avançados transistores 3-D tri-gate de 22nm, esses novos dispositivos Ultrabook são mais ágeis, elegantes e oferecem maior segurança para usuários empresariais e consumidores.

“As nossas experiências de vida são definidas pelos nossos sentidos – pelo que vemos, ouvimos e tocamos”, disse Kilroy. “Esses sentidos humanos também são a base da visão da Intel para que o Ultrabook ofereça uma experiência computacional indispensável e sem restrições”.

“Atualmente, graças ao trabalho da indústria como um todo, estamos um passo mais perto de cumprir essa visão com a chagada da próxima onda de dispositivos equipados com a 3ª geração dos processadores Intel Core. A inovação deve continuar à medida que nos movemos para designs conversíveis de Ultrabooks baseados no toque e, no futuro, buscamos incorporar a eles novos sentidos, tornando a nossa interação com eles natural e intuitiva”.


(Tom Kilroy, vice-presidente sênior da Intel Corporation, durante palestra na Computex 2012)


A próxima onda de dispositivos Ultrabook traz maior agilidade e segurança melhorada

Além de melhorarem a agilidade e as características de segurança, os dispositivos Ultrabook equipados com a 3ª geração dos processadores Intel Core oferecem até o dobro do desempenho gráfico e multimídia em comparação a geração anterior, maior duração da bateria e mais opções de designs finos e elegantes.

Essa nova onda dos dispositivos Ultrabook é capaz de despertar rapidamente, o que significa que os sistemas farão a transição do modo de hibernação para o estado ativo em menos de 7 segundos, além de carregar os aplicativos favoritos mais rapidamente¹. A tecnologia Intel Smart Connect ajuda a manter o email e as redes sociais atualizadas automaticamente, mesmo quando o Ultrabook dorme, conservando assim energia e duração da bateria.

À medida que a segurança torna-se mais importante para os consumidores que desejam paz de espírito no que diz respeito à proteção de seus dados e bens pessoais, a próxima onda de sistemas Ultrabook está equipada com características de segurança melhoradas, incluindo a tecnologia Antifurto da Intel que deixa o usuário desabilitar automaticamente o sistema em caso de perda ou roubo. Kilroy anunciou que pessoas de diversos grandes mercados de todo o mundo podem ativar uma assinatura de serviço por tempo limitado de Absolute Software, McAfee, Norton e Intel assim que abrirem o produto.

Além disso, todos os dispositivos Ultrabook baseados na 3ª geração do processador Intel Core possuem a tecnologia Intel Identity Protection embarcada para manter a identidade das pessoas segura e garantir que seus websites e redes sociais favoritos saibam quem realmente está se logando.

O Ultrabook também já está chegando às empresas. Fabricados com a 3ª geração da plataforma do processador Intel Core vPro, esses Ultrabooks oferecem para as empresas a segurança e o desempenho para processar grandes quantidades de dados, com confiança nos designs inovadores e elegantes que os usuários empresariais desejam.

Designs de Ultrabooks conversíveis com toque habilitado oferecem experiências sem restrições

Anunciada pela primeira vez pela Intel há mais de um ano, a categoria Ultrabook inaugura uma nova era da computação que tem sido abastecida rapidamente pela inovação da indústria como o um todo.

“Obrigado aos nossos parceiros aqui em Taiwan e a indústria da computação como um todo pela inovação sem precedentes para levar o Ultrabook ao mercado em tão pouco tempo”, disse Kilroy. “Mas estamos apenas começando”.

Ainda nesse ano, Intel e a indústria continuarão a inovar nos dispositivos Ultrabook com a inclusão de experiências baseadas no toque. A Intel acredita que a capacidade de toque é um componente-chave para a experiência com o Ultrabook e será cada vez mais importante para o usuário final. Kilroy disse que o toque também ajudará a estimular uma inovação ainda maior, bem como novas experiências, particularmente para Ultrabooks conversíveis que ofereçam uma experiência computacional verdadeiramente sem restrições.

Para isso, Kilroy anunciou acordos para a capacidade de toque com inúmeras das principais fornecedoras da tecnologia de toque, incluindo Cando, HannsTouch, TPK e Wintek. Os acordos são um elemento importante do esforço de Intel para habilitar a indústria como um todo e o futuro da experiência com o Ultrabook.

Levando o melhor da tecnologia Intel para Smartphones e Tablets

Destacando o progresso da empresa em seus negócios de smartphones, Kilroy ressaltou a iminente disponibilidade no Reino Unido e na França do novo smartphone de alto desempenho da Orange com Android baseado na tecnologia da Intel. O Lenovo LePhone K800 equipado com a tecnologia Intel foi lançado online e em lojas no dia 30 de maio na China. Os telefones se unem ao XOLO X900 da Lava, o primeiro smartphone com Intel Inside, lançado na Índia em abril.

Kilroy disse que a Intel está comprometida a oferecer uma experiência ótima e segura em smartphones, incluindo navegação e download rápidos, ótimo desempenho multitarefa, câmera de alta qualidade, ótimos gráficos e desempenho de vídeo, além de uma duração de bateria competitiva.

Ele também disse que os tablets baseados em Intel ampliarão a experiência com smartphones ao oferecer compatibilidade com uma ampla biblioteca de aplicativos e dispositivos existentes. A empresa possui 20 designs vitoriosos baseados no próximo SoC Intel Atom de 32nm, codinome “Clover Trail”, projetados para o Microsoft Windows 8. Quer seja com o design tradicional, conversível ou outros designs inovadores, esses tablets serão capazes de oferecer uma experiência de conectividade e “sempre ligado” em produtos extremamente finos e cuja bateria dura o dia inteiro.

A combinação do Windows 8 com a Intel foi projetada para dar aos usuários a habilidade para rodar novos aplicativos na interface rápida e fluída do Windows 8, ao mesmo tempo em que oferece suporte para os aplicativos existentes do Windows que as pessoas já conhecem e usam.

O futuro: Computadores que enxergam, escutam e sentem

Kilroy desafiou a indústria a definir o futuro das experiências computacionais ao permitir que o computador sinta, ou tenha a habilidade de enxergar, escutar e sentir, de maneira bem parecida como as pessoas fazem. A inclusão de experiências habilitadas para o toque no Ultrabook é apenas o começo.

Kilroy demonstrou pela primeira vez uma experiência de voz multi-idiomas baseada no mecanismo Dragon da Nuance e na tecnologia de fala otimizada para a arquitetura Intel® em um Ultrabook. Como anunciado em janeiro, as empresas estão colaborando para fornecer uma ótima experiência de voz aos consumidores. Com essa solução, os usuários podem checar e atualizar suas redes sociais, iniciar conversas de voz via chamadas IP, pesquisar a Internet e controlar suas mídias. Os usuários também podem controlar o Ultrabook quando não conectados à Internet usando a voz para carregar os aplicativos de maneira rápida e fácil, reproduzir mídia local e desfrutar de um ótimo desempenho multitarefa.

Kilroy disse que a empresa está trabalhando em tecnologias futuras que poderiam permitir que as pessoas se engajassem de maneira mais natural e intuitiva com inúmeros dispositivos, de Ultrabooks a smartphones e sistemas inteligentes. Tais aplicativos poderiam incluir computação com percepção e reconhecimento de gestos intuitivo e envolvente usando smartphones para interagir com e controlar um Ultrabook ou desktop, ou até para rastrear o batimento cardíaco de uma pessoa por meio da tecnologia que “enxerga” e analisa o movimento do rosto de uma pessoa.

---
¹ Requer 16GB de cach NAND e pontuações mínimas no teste de desempenho PCMark Vantage.



Comentários (1) Assinar


ZerGsiX
Postado
06/06/2012
11:07
Muito interessante esse ponto de vista da Intel com enfoque em "Computadores que enxergam, escutam e sentem", além de toda segurança envolvida no Ultrabooks.

Já estava na hora de uma grande companhia levar o mercado para este rumo, que antes só podia ser visto em filmes.

Este pelo visto será o ano das grandes inovações.